Sonhar é acordar-se para dentro.

Mário Quintana

Na Antiguidade, os sonhos eram bastante valorizados e eram interpretados por profetas, sacerdotes, pitonisas ou xamãs e traduzidos para uma linguagem compreensível. Com o tempo, a sua importância foi-se desvalorizando até que Freud, em 1900, publicou o livro A Interpretação dos Sonhos dando uma relevância científica a esta matéria. Mas foi Jung, seu discípulo, que mais se debruçou sobre o estudo dos sonhos. Segundo eleos sonhos dão informações muito interessantes a quem quiser compreender seu simbolismo”.

Sonhar é muito importante na vida do ser humano. Esse ato tão natural é um veículo de conexão com os nossos guias espirituais. Os sonhos são pontes importantes entre processos conscientes e inconscientes e desvendam questões da personalidade que necessitam de ser trabalhadas. Como possuem uma sabedoria profunda, eles são capazes de proporcionar descobertas reveladoras.

Todos nós diariamente sonhamos, mas nem sempre nos lembramos e os cristais podem ajudar a aceder a mensagens extremamente importantes para o nosso desenvolvimento espiritual.

Como usar os cristais nos nossos sonhos?

A técnica mais básica e simples é, antes de se deitar, segurar o cristal na sua mão esquerda e pedir para relembrar os sonhos que o ajudem a descobrir o seu caminho na vida e/ou a clarificar determinado assunto que necessita de esclarecimento ou conselho.Depois, medite um pouco e sinta a energia do cristal. No fim, coloque o cristal debaixo da almofada e veja o que acontece!

É aconselhável deixar, de véspera, papel e caneta por perto para registar aquilo que se lembrar do sonho ao acordar. Pode criar uma espécie de “Diário dos Sonhos” onde regista tudo aquilo que sonha para, mais tarde,  analisar o seu simbolismo. Os cristais que aconselho são: a ametista, o diamante de Herkimer, a cianite azul, a caroíta e o cristal quartzo.

Bons sonhos!