Angelite, a pedra dos anjos

A angelite foi descoberta na década dos anos 80, no Perú. É proveniente da celestite que foi comprimida durante milhares de anos.Como indica o seu nome, a angelite é uma das principais representantes da conexão angélica. Estimula a memória e facilita a comunicação com os anjos.

Detentora de um  belo azul claro, este cristal representa a serenidade. Possui uma frequência que acalma o corpo emocional e mental em situações conturbadas. Evoca sentimentos de paz interior quando usada em meditação. Deve ser usada quando o ego e a autossabotagem impedem-nos de evoluir espiritualmente. É uma pedra poderosa pois ativa e estimula o chacra causal, facilitando a criação de formas-pensamento de harmonia e irmandade. Possui uma energia muito especial que permite a comunicação e comunhão com planos mais elevados. Auxilia na orientação espiritual e é altamente aconselhada para todos os terapeutas usarem no seu dia-a-dia. Estimula o chacra da garganta, o 3º olho e a coroa. Aumenta a perceção e é ótima para sonharmos com o nosso anjo-da-guarda para recebermos informações preciosas. A sua vibração também permite o acesso a memórias de vidas passadas e aos Registos Akáshicos. 

É o presente ideal para as crianças pois liga-as ao seu anjo-guardião e alivia-as da ansiedade e medos. A angelite também protege o ambiente criando uma atmosfera de compaixão e entendimento ao seu redor. O seu principal ensinamento é aceitarmos a nossa verdadeira natureza. É um cristal poderoso que transforma a dor em cura, abrindo o caminho para a inspiração espiritual. Fisicamente, pode ser usada no tratamento de inflamações da garganta e doenças infeciosas. Equilibra a tiróide, o timo e dissipa o stress e a raiva.

PALAVRAS-CHAVE : PAZ, INOCÊNCIA COMUNICAÇÃO