No calendário pagão, no dia 1 de agosto, celebra-se a 1ª colheita também conhecida por Lammas ou Lughnasadh. Encontramo-nos no pico do verão e é o momento de colher o grão para o sustento durante o inverno. É habitual, nesta altura, agradecer todas as bençãos recebidas e de olhar para dentro para analisar o que se conseguiu manifestar até agora.

Medite sobre as “sementes” que cresceram e lhe deram frutos, mas também naqueles projetos que não se manifestaram. Analise se tem “ervas daninhas”, impedimentos que prejudicaram o seu esforço e renove a sua “terra” para que as futuras sementes cresçam abundantemente. Este é o momento propício para fortalecer e enraizar a nossa energia. Conecte-se mais com a natureza, faça caminhadas e/ou jardinagem, apanhe banhos de sol e de mar, aproveite o verão para se regenerar a todos os níveis.

Procedimento:

  • Acenda uma vela amarela ou laranja de agradecimento.
  • Coloque uma xilopala no chacra raiz.
  • Faça respirações profundas e lentas. Relaxe.
  • Deixe que a sua energia se misture com a xilopala.
  • Visualize-se como se fosse uma semente que escorrega para dentro da terra húmida até se cobrir totalmente.
  • Sinta-se a crescer e que pequenos brotos nascem e se espalham pela terra.
  • Visualize-se a sair da terra, a atingir a superfície e a alcançar o céu.
  • Sinta a sua energia crescer e a expandir-se até se tornar numa bela árvore.
  • Absorva a energia do Sol e respire profundamente.